elias e os profetas de baalA história de Elias e os profetas de Baal começa quando o rei Acabe pergunta para Elias:

– É você mesmo? O perturbador de Israel?

Então respondeu Elias:

Eu não tenho perturbado Israel, mas tu e a casa de teu pai, porque deixastes os mandamentos do Senhor, e seguistes os baalins. Agora, pois, manda ajuntar a mim todo o Israel no monte Carmelo, como também os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal, e os quatrocentos profetas de Aserá, que comem da mesa de Jezabel. (I Reis 18:18)

Acabe convocou todo o povo de Israel e os reuniu no monte Carmelo. Elias dirigiu-se ao povo dizendo:

Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e se Baal, segui-o. ( I Reis 18:21)

Elias mandou que trouxessem dois novilhos e lançou um desafio:

os 450 profetas de Baal que estavam presentes deveriam matar um dos novilhos, montar um altar e depois clamar para que Baal ascendesse fogo para consumir o novilho. Elias faria a mesma coisa com o outro novilho, mas clamaria ao Senhor Deus de Israel para mandar fogo.

– O deus que responder com fogo esse é o deus verdadeiro – disse Elias

Os profetas de Baal e todo o povo concordou e então os profetas de Baal mataram o novilho e o colocaram em cima do altar. Clamaram a Baal em alta voz para que mandasse o fogo, dançaram em volta do altar e se auto mutilaram.

Ao meio dia Elias começou a zombar deles:

– Gritem mais alto! Quem sabe ele está dormindo, ou ocupado. De repente ele está viajando…

Então eles passaram a gritar mais alto e entraram em transe, mas nenhuma reposta foi ouvida.

Elias montou o seu altar com 12 pedras, cavou uma vala ao redor, colocou o novilho em cima e pediu para que o altar fosse molhado com quatro jarras de água. Mandou que molhassem o altar três vezes e água já escorria enchendo a valeta.

Na hora do sacrifício Elias orou:

Ó Senhor, Deus de Abraão, de Isaque, e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme a tua palavra fiz todas estas coisas.Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo saiba que tu, Senhor, és Deus, e que fazes o coração deles voltar para ti (I Reis 18: 37)

Então desceu fogo do céu e o senhor queimou completamente o Holocausto e também secou a água da valeta. Todo o povo se ajoelhou gritando “Só o Senhor é Deus”

Elias ordenou que todos os profetas de Baal fossem presos e levados ao riacho de Quisom e lá os matou.

Confira também a história completa de Elias.

Voltar para: Histórias bíblicas