Elizeu e o azeite da viuvaPassou algum tempo e a mulher de um dos profetas procurou Eliseu dizendo:

– Eliseu, tu sabes que o meu marido era temente a Deus. Agora pois ele morreu e já veio o credor querendo levar meus dois filhos para serem servos.

Obs: Naquele tempo, quando o marido morria, a mulher viúva não tinha direto a receber heranças nem sustento. As viúvas viviam sem dignidade, até terem filhos homens adultos que a pudessem sustentar. Nesse caso, os filhos da viúva ainda eram muito jovens e ela não conseguia pagar a dívida que havia ficado de seu marido. A viúva, nesse caso, não tinha outra alternativa além de pedir socorro. É importante recordarmos do texto de Romanos 12:13 “Comunicai com os santos as suas necessidades, segui a hospitalidade…”.

Eliseu perguntou o que a mulher tinha em casa, ela respondeu que tinha apenas uma vasilha de azeite. Então o profeta disse:

– Pede emprestado para teus vizinhos várias vasilhas. Depois vai derramando o azeite que tu tens em cada uma delas, até que todas estejam cheias.

Nesse ponto, é importante destacar que a viúva não fez nenhuma petição específica para o profeta, ela apenas expôs sua situação e aguardou uma direção de Deus por meio do profeta. Eliseu, sendo direcionado por Deus, já sabia exatamente o que fazer.

Ela foi e conseguiu recolher muitas vasilhas, encheu todas elas com o pouco azeite que tinha, até serem completamente cheias. Deus havia multiplicado seu azeite.

Então Eliseu disse a ela:

Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto. 2 Reis 4:7

É importante destacar também que todas as vasilhas que a mulher trouxe foram preenchidas com azeite. É possível que se ela tivesse conseguido mais vasilhas, tivesse ainda mais azeite. Provavelmente o recebimento do azeite da viúva esteve condicionado à fé que ela teve em ir buscar as vasilhas. Imagine o que aconteceria se a viúva tivesse pego apenas uma vasilha para “testar” e ver se realmente iria ganhar algum azeite, para depois pegar outras vasilhas. Se ela fizesse isso, provavelmente acabaria ganhando apenas uma vasilha de azeite.

Nossa fé precisa ser grande quando estamos pedindo algo para Deus. “Peça porém com fé, em nada duvidando, porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.” (Tg 1:6-7).

A pergunta que fica é: o que você tem em casa? A necessidade da viúva foi suprida a partir daquilo que ela mesma tinha. E qual a sua fé para receber? Você levaria quantas vasilhas?

Confira também a história completa de Eliseu. Veja uma pregação sobre o azeite da viúva.

Voltar para: pregações