estudo bíblico sobre féPara começar esse estudo sobre fé, vamos ler alguns textos bíblicos importantes:

Hb 11:1 “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.”

B.l.h.”A fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não vemos.”

Hb 11:6 “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.”

B.l.h. “Sem fé ninguém pode agradar a Deus porque quem vai a Deus precisa crer que ele existe e que recompensa os que o procuram.”

Podemos dizer, baseados nestes textos:

1) Que a é a realização de algo muito difícil, algo fora do meu alcance.

2) Que Deus presenteia quem o busca.

Mas como experimentamos estas coisas?

Quando entregamos nossa vida ao Senhor começamos a vivenciar estas coisas. Cremos que Jesus morreu pelos nossos pecados, aprendemos que o propósito de Deus é que sejamos parte de uma família de filhos que Deus fará serem semelhantes a Jesus. Somos chamados de crentes porque cremos em Jesus! Nos tratamos como irmãos porque somos filhos do mesmo Pai que é Deus! Somos chamados de evangélicos porque cremos no evangelho que é Cristo, a vida de Deus para todo o que crê!

Porém, a diferença de um nome está naquilo que este nome significa! Creio em Jesus? Vou procurar conhecê-lo!

Sou filho de Deus? Vou procurar o meu Pai!

Se eu não fizer isso, serei religioso, sem vida com Deus, sem experiência de fé!

Me lembro de como Deus falou comigo a primeira vez: minha mãe poderia ter um câncer; eu tinha 16 anos, mas naquela época a possibilidade de eu ficar sem a minha mãe era para mim terrível; meus pais não eram cristãos, eu não sabia como buscar a Deus, mas eu precisava de um milagre, então fiz tudo o que podia até Deus me dar uma resposta. A resposta foi que minha mãe não tinha câncer. Quando soube disso fiquei muito feliz, mas me senti devedor de Deus. Não podia buscar a Deus e depois de ter meu problema resolvido continuar vivendo de qualquer jeito, ou seja, só buscar a Deus na hora da necessidade; comecei a viver como religioso, ia na missa aos domingos, pensava que assim estaria bem caso tivesse outras necessidades futuras; 3 anos mais tarde, com 19 anos minha vida estava difícil, muitas dúvidas, falta de direção, falta de emprego, etc; meus pais não conseguiam me orientar, os conselhos que eu recebia não me animavam, eu precisava de paz! Eu gostava de música e queria ser músico e o Senhor usou isso para me trazer para Ele. Vi um amigo meu que era um maestro, que poderia viver de música se quisesse, dizer-me que usava a música só para louvar a Jesus; ele me apresentou outros jovens que pensavam da mesma forma, cada jovem que eu falava me contava do amor de Deus. Era o que eu precisava, do amor de Deus! Desta paz!

Uma das coisas que me angustiavam era ver alguns colegas meus entrando em faculdades, definindo seus futuros, mas eu não queria estudar mais. Queria trabalhar, mas não tinha emprego. Queria me casar com, no máximo, 24 anos, mas esse sonho parecia ficar cada vez mais distante. Mas o Senhor me envolveu com seu amor, trouxe-me a paz que eu precisava, trouxe-me esperança; a primeira coisa que Deus falou comigo foi: no momento certo eu iria conhecer a minha esposa! Que maravilha! Eu fiquei tão tranquilo que quando chegou a hora eu achava que não era a hora, pois os meus pensamentos não são os pensamentos de Deus! Mas nesse tempo eu estava buscando conhecer a Deus, por isso o que parece difícil ou impossível começa a acontecer.

No ano em que eu completei 24 anos eu me casei! Glória a Deus!

Minha história com Deus não é a história do meu discipulador, não é a história do meu pastor, não é a história do meu filho, da minha filha; é a minha história! Conhecer a história dos meus irmãos me anima porque eu vejo o milagre de Deus se cumprindo na vida daqueles que buscam a Ele! Vejo que Deus é fiel a sua palavra!

Em Oséias 6:3 está escrito: “conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e Ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.”

A medida que obedecemos a Palavra de Deus nós o conhecemos, e isso é para toda a vida !

Ef 3:20-21: “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”

Relembrando: Hb11:1 “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.”

Hb 11:6 “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.”

Somos predestinados a ser filhos de Deus! Rm 8:29 “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” Deus é nosso Pai ! Como Pai ele espera de nós obediência!

Obediência em tudo o que ele nos ensina em sua palavra!

Mas porque alguns irmãos têm dificuldades com a falta fé? Por exemplo: na ceia, o pão é o corpo do Senhor Jesus. Se eu não creio que compartilho do corpo do meu Senhor, vou me preocupar em quantos quilos vou ganhar em cada ceia, ou quanto glúten vou ingerir, ou se vou ficar embuchado porque a massa do pão está muito seca, etc. Se não creio que bebo do sangue do meu Senhor, vou ficar preocupado em não cair em nenhuma barreira policial e ser multado no teste do bafômetro, vou tomar suco de uva na ceia, pois eu já fui alcoólatra, etc. Não é de uma hora para outra que a fé se manifesta, ela se manifesta pela obediência, pelo desejo de experimentar o Senhor naquilo que estamos praticando. A fé é uma certeza!

Quando obedecemos a palavra, podemos questionar a Deus, pois Ele é fiel a sua palavra! Ele nos responde de acordo com a sua palavra e não segundo a nossa interpretação! Não é um negócio! É relacionamento de Pai e filho!

Não importa o que o mundo diz, o que a minha família pensa, eu tenho um compromisso com meu Pai, que me presenteia ao mesmo tempo em me ensina sobre ter fé.

Por Mauro Fraga

Tags: estudos bíblicos sobre fé

Confira também:

Leia também: pregação sobre fé