sadraque mesaque abedeA história dos amigos de Daniel (Sadraque, Mesaque e Abede-nego) começa quando o rei Nabucodonosor, certo dia, resolveu fazer uma estátua.

Nisto, o arauto gritava em alta voz: Ordena-se a vós outros, ó povos, nações e homens de todas as línguas: no momento em que ouvirdes o som da trombeta, do pífaro, da harpa, da cítara, do saltério, da gaita de foles e de toda sorte de música, vos prostrareis e adorareis a imagem de ouro que o rei Nabucodonosor levantou. Qualquer que se não prostrar e não a adorar será, no mesmo instante, lançado na fornalha de fogo ardente.

Então todos os povos, servos e soldados do reino da babilônia se prostraram ao soar da trombeta. Alguns astrólogos que ali se encontravam denunciaram os amigos de Daniel, Sadraque, Mesaque e Abede-nego, porque estes não adoraram a imagem. O rei enfurecido mandou chamá-los.

Os 3 jovens responderam:

Não necessitamos de te responder sobre este negócio. Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. Mas se ele não nos livrar, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.

(Daniel 4:17-18)

Ao ouvir essas palavras o rei ficou ainda mais furioso e mandou esquentar a fornalha quatro vezes mais do que o de costume e ordenou que os três jovens fossem lançados ao fogo. A fornalha estava tão quente que os guardas que se aproximaram morreram.

Os jovens são lançados na fornalha

Depois que os jovens foram atirados ao fogo, Nabucodonosor levantou-se abismado e falou ao seus guardas:

– Não foram apenas três os que jogamos no fogo? Como agora vejo quatro homens? E o quarto se parece com um filho de um deus!

O rei se aproximou e gritou:

– Sadraque, Mesaque e Abednego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde!

Então os três saíram e todos os príncipes, autoridades e o exército babilônico reuniu-se ao redor deles e contemplavam maravilhados como o fogo não havia lhes causado nenhum mau.

A reação de Nabucodonosor

O rei Nabucodonosor disse então:

Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus.

Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo o povo, e nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro Deus que possa livrar como este.

Confira também a história de Daniel na cova dos leões e a história completa de Daniel.

Voltar para: Histórias bíblicas